Draw a Stickman

A semana ainda tá na metade, mas o Maodita tem uma receita que vai te fazer abrir o sorriso:

1. Acesse o site  www.drawastickman.com;

2. Desenhe um boneco de palito;

3. Aperte o botão Done. 

E voilà 😀

Pra quem gosta de histórias bem contadas e criativas, bom proveito !

Agende: Oficina de desenho

O artista plástico colombiano Adilberto Mora ministrará uma oficina prática de desenho de rostos no período de 3 a 7 de outubro, no Espaço Cultural Valer. O artista plástico já percorreu dezenas de cidades brasileiras ministrando cursos e repassando seus conhecimentos adquiridos em mais de 40 anos de experiência com desenhos de rostos humanos. A oficina é destinada a qualquer pessoa interessada em desenho. O método foi desenvolvido pelo próprio artista, composto de exercícios de soltura das mãos, exercício para cabelo, sobrancelhas, olhos, narizes, bocas e proporções de cabeça.

Adilberto Mora nasceu em Granada, na Colômbia, e dedica-se ao desenho desde sete anos de idade. Estudou no Instituto da Cultura da Cidade de Cúcuta, iniciando sua carreira profissional aos 17 anos preparando exposições constantes de seus retratos em diferentes países sul-americanos e na Europa. Dedicando-se ao ensino desde seus 35, criou técnicas rápidas e dirigidas. Em Manaus, ministrará uma oficina intensiva de 10 horas com início no dia 3 até o dia 7 do mês de outubro. Serão aulas práticas, nas quais as pessoas poderão aprender as técnicas que estimulam o lado direito do cérebro, local responsável pela parte criativa e imaginativa do indivíduo.As aulas serão ministradas em dois períodos (tarde e noite), com turmas distintas de no máximo 20 integrantes.

Turma 1: das 14h às 16h

Turma 2: das 18h30 às 20h30.

Os interessados podem obter mais informações pelos telefones: (92) 3635-1324 ou 8170-8175. Ao final do curso, os participantes receberão certificado emitido pelo Instituto Nacional Valer de Cultura.

  • Período de realização: De 03/10/2011 a 07/10/2011.
  • Local para realização: Espaço Cultural Valer (Rua Ramos Ferreira, 1195 – Centro)
  • Investimento por aluno: R$ 100,00.

Programação Acadêmica do 2º Festival Amazonas de Música

Estão abertas as incrições para a programação acadêmica do 2º Festival Amazonas de Música Entre as atividades oferecidas estão os workshops de “Grooves, Técnicas e Linguagens” com Serginho Carvalho (30 vagas), “Música e Tecnologia” com Jonilson Reis (30v.), “Bateria” com Lúcio Vieira (30v.), e as oficinas de “Processo Criativo – Produção de Grupos Musicais” com Stanley Wagner, Hudson Alves e Airton (30v.) e “Direitos Autorais” com Márcia Bittencourt da União Brasileira dos Compositores (100v.).
Os interessados em participar devem procurar a sede do Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro, localizada na Av. Pedro Teixeira n°2565, Flores (Sambódromo/ Bloco F), de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h, ou pelo telefone: 3232-2440/3232-2488.
PROGRAMAÇÃO DO 2º FESTIVAL AMAZONAS DE MÚSICA – 2011
21 a 25 de setembro
PROGRAMAÇÃO ACADÊMICA
21Set | Quarta-feira
15h às 17h | Workshop “Serginho Carvalho”
Cine Teatro – Centro Estadual de Convivência do Idoso Aparecida
Grooves, técnicas e linguagens | Serginho Carvalho
22Set | Quinta-feira
9h às 12h | Cine Teatro – Centro Estadual de Convivência do Idoso Aparecida
Oficina Processo Criativo – Produção de grupos musicais | Stanley Wagner, Hudson Alves e Airton Gaúcho
15h às 17h | Workshop de Música e Tecnologia
Jonilson Reis (Lamamba)
23Set | Sexta-feira
9h às 12h | Cine Teatro – Centro Estadual de Convivência do Idoso Aparecida
Oficina Processo Criativo – Produção de grupos musicais | Stanley Wagner, Hudson Alves e Airton Gaúcho
14h às 17h | Workshop de Bateria | Lúcio Vieira
24Set | Sábado
14h às 18h | Auditório do Palacete Provincial
Oficina de Direitos Autorais | Márcia Bittencourt – UBC União Brasileira dos Compositores

Tu quoque, Pixar? *

É isso mesmo que você acabou de ler: “Até tu, Pixar?”*. A célebre frase proferida por um César em seu momento de descoberta – traído por seu “filho” Brutus – numa situação nunca antes pensada, é a referência para o que venho observando sobre o maior estúdio de animação, em 3D que fique claro, do mundo do cinema.Talvez seja a “Disneyficação” que ela sofre, ao ser comprada de vez pelo estúdio do Mickey. Talvez os compromissos assumidos em outras frentes, como franquias, ganhos com produtos licenciados e a eterna tentativa de tornar cada vez mais real os seus filmes, realizados artificialmente.

Mas que os últimos dois filmes da Pixar foram ruins, perto da sequência que eles haviam “encaixado”, ah são. “Toy Story 3” e “Carros 2” chegam a ser gratuitos, como se estivessem sendo realizados por obrigações contratuais, sabe? Não há aquele capricho em surpreender, algo que a empresa da luminária buscava de forma incansável e que até fez com que os apreciadores de cinema e os críticos criassem a frase símbolo do estúdio: “Eles fazem filmes para crianças que agradam até nós, adultos”.

As histórias, antes originais, como aquela do robozinho que parece humano, largado em um planeta estragado por sua população e que se “descobre” em uma aventura com fundo crítico as questões do meio ambiente e da preguiça que vingam em nossos tempos atuais; ou aquela outra do senhor que ao perder a esposa decide arriscar tudo em uma aventura por terras desconhecidas e que redescobre uma razão para viver, através da amizade; foram deixadas de lado, para que algo comum e até mesmo rotineiro tome conta da tela grande.

Não sei afirmar, agora, se é no DVD de extras de “Procurando Nemo” ou se é no DVD de extras de “Monstros S/A”, mas ali, em algum momento, o líder do estúdio, senhor John Lasseter, comenta que o segredo que ele enxergava por detrás do sucesso de sua “gangue” era o cuidado com a história a ser contada – os roteiros demoravam até três anos para chegarem ao formato final.

Ou seja: a história a ser contada poderia até ser corriqueira, como a de um menino que some e vê seu pai enfrentar um novo mundo para encontrá-lo – como em “Procurando Nemo” – mas se ela fosse contada de uma nova maneira, respeitando a inteligência de quem a assistia, ao ponto de praticamente sequestrar as pessoas para aquele universo, o objetivo estava cumprido.

Aí, depois de filmes excelentes como “Toy Story 2”, “Monstros S/A”, “Procurando Nemo”, “Os Incríveis”, até mesmo o fraco, mas honesto “Carros”, e as duas obras-primas “Wall-e” e “Ratatouille” eles cometem “Toy Story 3” e agora “Carros 2”. O que pensar?

Não sei, mas quem sabe rezar um “Miyazaki que estás no céu” seja um início? Até a próxima.

Texto por Rodrigo Castro

Publicado originalmente em A Sétima e todas as artes

Curta o Curta(na verdade, programa): Quem precisa de vida social?

“O curta o Curta” de hoje é na verdade uma websérie , mas não deixa de falar de cinema. É que o programa fala sobre o filme do Mortal Kombat.  Pra quem não se lembra mais dessa pérola dos anos 90 e aceita o desafio de entender a fala de Bruno é só soltar o play.

A produção é do blog amigo PuloDuplo, com uma participaçãozinha minha :) .  Aliás, se você é fã de games e cultura pop não perde tempo e acessa http://www.puloduplo.com !

Bandas selecionadas para o Festival Até o Tucupi

Foram  50 bandas inscritas e apenas  15 escolhidas para se apresentar no Festival Até o Tucupi que acontece  entre os dias 1 e 5 de novembro. A curadoria foi composta pelos músicos Augusto Nunes, representante do Cuia Coletiva; Elisa Maia, representante do Coletivo Difusão; e Eliberto Barroncas, integrante do Escada Sem Degraus e Raízes Caboclas. O festival Até o Tucupi, que esse ano traz o tema “Engrossando o Caldo” – lembrando que no ano passado o tema era “Artes Integradas”, é uma realização do Coletivo Difusão e Projeto Patrulha Voluntária Jovem e conta com o apoio do Circuito Fora do Eixo e Sebrae Amazonas. A programação completa do festival será anunciada em outubro.

Confira abaixo a lista dos selecionados:

BQuadro – http://bquadro.tnb.art.br/

Bandaid – http://bandaidrock.tnb.art.br/

Alaidenegão – http://alaidenegao.tnb.art.br/

MB4 – http://habib.tnb.art.br/

Tattva – http://bandatattva.tnb.art.br/

Deskarados – http://deskarados.tnb.art.br/

Ellen Mendonça – http://ellenmusica.tnb.art.br/

Ritmo e Poesia – http://ritmoepoesia.tnb.art.br/

Johnny Jack Mesclado – http://bandajohnnyjackmesclado.tnb.art.br/

Alma Nomade – http://almanomade.tnb.art.br/

Anônimos Alhures – http://anonimos-alhures.tnb.art.br/

Mezatrio –  http://mezatrio.tnb.art.br/

InCaos – http://incaos.tnb.art.br/

Ed Ondo – http://edondo.tnb.art.br/

Os Playmobil – http://osplaymobils.tnb.art.br/

Ciclo de Palestras “Filosofia e Mitologia” encerra hoje

A Organização Internacional Nova Acrópole encerra nesta sexta-feira (02/09) o ciclo de palestras “Filosofia e Mitologia”, do Projeto Sexta Filosófica, em parceria com a Livraria Valer.  O tema da palestra  é “O Anel dos Nibelungos”,  que aborda a história do herói Sigfrid, o qual tinha a missão de guardar um poderoso anel que apresentava a propriedade de possuir aqueles que o possuíam – a história que inspirou O Senhor dos Aneis ensina sobre como ter as coisas sem ser tido por elas e será abordada sob a ótica filosófica buscando extrair conhecimentos válidos a todo ser humano.

Ciclo de Palestras: Filosofia e Mitologia
Quando: Sexta, 02 de agosto, às 19h

Onde:  Espaço Cultural da Livraria Valer, localizado na Av. Ramos Ferreira, 1195 – Centro

Quanto: gratuito

%d blogueiros gostam disto: