Cinema na Escola

A partir do tema “Amazônia no Cinema”, a mostra quinzenal Cinema na Escola, realizado pelo Núcleo de Vídeo do Projeto A Amazônia dos Viajantes, da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) exibe hoje no Instituto de Educação do Amazonas (IEA) o filme Aguirre- A cólera dos Deuses.

Para quem perdeu a exibição de hoje, a mostra continua nas seguintes datas:

07 de abril- A Selva

Direção de Leonel Vieira (2002)

Alberto. um jovem monárquico português exilado em Belém do Parái é contratado por um capataz para trabalhar no seringal de Juca Tristão, em pleno coração da selva Amazônica. Em pouco tempo, apaixona-se por Dona Yayá, mulher de Guerreiro, gerente do seringal.

28 de abril – Fitzcarraldo

Direção de Werner Herzog (1982).

Fitzacarraldo sonha em construir uma casa de ópera na remota cidade de Iquitos, no alto Amazonas. Através de sua amante consegue dinheiro compra um grande barco fluvial, tentando encontrar uma nova rota para transportar a borracha.  Com este projeto, Herzog ganhou o prêmio de Melhor Direção no Festival de Cannes.

12 de maio – Eclipse

Direção: Herbert Brödl (2002)

A escritora Pia e o pintor Gil vivem às margens do Rio Negro, isolados na floresta Amazônica. Em uma certa noite de eclipse lunar, Pia é assassinada. Sua morte transforma a vida de Gil em um mundo de sombras e tristeza, fazendo-o deixar o vilarejo e voltar para a Áustria, onde mora. Dois anos depois, Gil recebe um desenho da jovem Elsa, uma amiga pintora que mora na região amazônica, e decide retornar para o Rio Negro.

26 de maio – Tainá

Direção: Tânia Lamarca / Sérgio Bloch (2000)

Tainá , uma indiazinha de 8 anos, vive na Amazônia com seu velho e sábio avô Tigê, que lhe ensina as lendas e histórias de seu povo. Ao longo de aventuras cheias de peripécias, ela conhece o macaco Catu ao salvá-lo das garras de Shoba, um traficante de animais.

09 de junho – Bye Bye Brasil

Direção: Cacá Diegues ( 1979)

Salomé , Lorde Cigano e Andorinha são três artistas mambembes que cruzam o país juntamente com a Caravana Rolidei, fazendo espetáculos para o segmento mais humilde da população brasileira e que ainda não tem acesso à televisão. A eles se juntam o sanfoneiro Ciço e sua esposa Dasdô , com os quais a Caravana cruza a Amazônia pela rodovia Transamazônica até chegar a Altamira.

23 de junho – O cineasta da selva

Direção: Aurélio Michiles (1997)

O cineasta da Selva, conta a história de Silvino Santos (1886-1970), um homem apaixonado pela fotografia e cinema que trouxe às telas as primeiras imagens da Amazônia no início do século XX. O diretor Aurélio Michiles resgata

O Cinema na escola tem entrada franca e é exibido às 14 h no IEA, localizado na rua Ramos Ferreira , 909, Centro.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: