Mike Patton e seu Mondo Cane

Para sorte dos nossos ouvidos, Mike Patton sempre foi um artista inquieto. Mesmo estando à frente do Faith no More, envolveu-se com o Mr. Bungle (este antes de entrar para o FNM), Tomahawk, Peeping Tom, Fantômas. Embora estes trabalhos sejam na linha do rock, o homem das mil vozes lançou o Mondo Cane, um disco de covers de músicas pop italianas da década de 50 e 60.

Mondo Cane é um caso de amor de Mike com a Itália que começou quando o cantor morou no país. Há aproximadamente sete anos, Patton escutava rádio em busca de bandas novas, mas o que lhe chamou a atenção foi uma estação que tocava músicas antigas e a partir daí resolveu fazer a regravação de músicas de artistas como Ennio Morricone, Mina, Luigi Tenco, The Blackmen e outros. O álbum traz 11 faixas onde Mike é acompanhado por uma orquestra.
A música que abre o disco, Ill Cielo In Una Stanza, começa com a suavidade das backing vocals, seguida por um violino marcante, até que Mike começa a cantar só aos 1:05 com uma interpretação tão apaixonada quanto a original.

Em Deep Deep Down, regravação de Ennio Morricone. Mike permanece fiel à canção original, talvez porque já era um grande fã da música, por fazer parte da trilha sonora do filme Danger Diabolik. O peso da voz de Patton pode ser conferido na sexta faixa, a galopante Urlo Negro, onde seus gritos combinam com o humor de certos trechos que a música carrega.

Mondo Cane merece ser ouvido porque ressuscita canções que  só os italianos tem acesso e além disso une gerações: você pode ouvir com seus pais! Só Mike Patton pra conseguir essa proeza.

Mondo Cane – Mike Patton

01. Il Cielo In Una Stanza
02. Che Notte!
03. Ore D’Amore
04. Deep Down
05. Quello Che Conta
06. Urlo Negro
07. Scalinatella
08. L’Uomo Che Non Sapeva Amare
09. 20 KM Al Giorno
10. Ti Offro Da Bere
11. Senza Fine

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: